A memória envolvida em cada objeto, o prazer visual, o conforto proporcionado pelo toque, pelo aroma, nos fazem lembrar que uma peça de decor, um móvel, carrega em si a descoberta de algo a mais, a possibilidade de uma sensação, de uma lembrança, de uma experiência. E proporcionar “experiências de design” é o desejo da Marché Art de Vie.   

Um espaço onde, através do design, as pessoas, ao invés de apenas seguirem tendências, possam comunicar quem elas são e como gostariam de viver. Construir um lugar assim era a vontade de Cristina e Arbel Reshef quando, há quase 30 anos, decidiram abrir um local diferente das que estavam acostumados a ver, em que os itens servissem como veículos de expressão individual, uma espécie de boutique de design.

Para nós, o luxo está ligado à sensação de se ter algo especial, único, não apenas ao seu valor. Assim, na escolha dos itens apresentados, tanto na loja física quanto na virtual, a exclusividade, o frescor, a elegância, a irreverencia, tão característica da cultura brasileira, são fatores preponderantes. Porém, o que realmente nos interessa são todas as histórias contadas por cada um desses objetos: A história de quem o fez; a história de como e porque ele foi feito; a história do seu lugar de origem. Histórias e mais histórias resultando numa gama de produtos que retratam o design em toda a sua diversidade. Obras de centenas de profissionais vindos de todas as partes do mundo.

Na Marché Art de vie, o design é, antes de tudo, a expressão de um estilo de vida.